segunda-feira, 11 de agosto de 2014

GINÁSTICA RÍTMICA | Brasileiro, Copa Brasil e III Etapa Caixa

  

Capixabas e gaúchas são destaques da III Etapa Caixa de Ginástica Rítmica


Finais por aparelhos foram realizadas neste domingo (10), em Vitória (ES) 

O Centro Esportivo Tancredo de Almeida Neves, o Tancredão, em Vitória (ES), foi palco do Campeonato Brasileiro, da Copa Brasil de Conjuntos e da III Etapa Caixa, esta última realizada neste domingo (10). Durante a semana, foram definidas as campeãs por equipe e do Individual Geral, pelo Brasileiro, e do Conjunto Geral, pela Copa Brasil de Conjuntos. Hoje, o público conferiu as vencedoras por aparelhos. 

Os destaques das finais do dia foram as capixabas Natália Gáudio, da Escola de Campeãs/COES (ES), e Emanuelle Lima, do Clube Ítalo Brasileiro (ES), e as gaúchas Andressa Jardim e Stephany Gonçalves, ambas do Grêmio Náutico União (RS).

No arco, Natália foi campeã com 16,750 pontos. Emanuelle foi medalhista de prata, com 15,900, e Stephany obteve o bronze, com 15,800.

A bola contou com uma final equilibrada e emocionante, com quatro ginastas no pódio. Em primeiro, empatadas, ficaram Natália e Stephany, com 16,150. As terceiras colocadas foram Andressa e Emanuelle, ambas com 15,650.

Na sequência, vieram as maças. Emanuelle foi a grande campeã, com 16,550. A prata foi para Natália, com 16,450, e o bronze para Stephany, com 16,250.

As provas da fita fecharam a programação do dia. A medalha de ouro ficou com Stephany, que somou 15,550. Natália ficou com a prata, com 15,500, e Emanuelle com o bronze, com 15,400.

"Deu tudo certo e consegui estar em todos os pódios", comentou a jovem Emanuelle, de 18 anos. "É bom perceber o quanto melhorei em relação ao Brasileiro do ano passado. Essa foi uma competição que tive mais acertos do que erros", analisou a capixaba. 

Segundo Emanuelle, a força que fez com que ela medalhasse em todos os aparelhos veio das arquibancadas. "Acredito que a torcida foi determinante. Não tem nada melhor do que competir em casa. Ver a minha família aqui foi uma motivação a mais. Ainda mais hoje, dia dos pais. Foi uma vitória especial, que dedico a ele", destacou.

E Flávio Lima, pai de Emanuelle, viu as conquistas da filha bem de perto. No meio da torcida, ele vibrava a cada apresentação e, após os pódios, ainda estava emocionado com o desempenho da ginasta. "Isso é resultado de todo o comprometimento e empenho dela nos treinos e nas competições. A gente sabe o quanto é difícil conciliar os treinamentos com outras atividades, como a faculdade de engenharia, por exemplo, mas ela consegue fazer tudo. Fico feliz por essas medalhas e pelo reconhecimento que ela está tendo. Não poderia ter vindo em dia melhor. É uma emoção muito grande", ressaltou Flávio, visivelmente orgulhoso da filha.

Todas as campeãs por aparelhos receberam um cheque oferecido pela Caixa Econômica Federal, patrocinadora oficial da ginástica no Brasil. As medalhistas de ouro ganharam R$ 500, as de prata R$ 400, e as de bronze R$ 300. A campeã do Individual Geral assegurou R$ 2.000,00, a segunda colocada ficou com R$ 1.500,00, e as terceiras, R$ 1.000,00 cada.

Na semana que vem, a cidade de Vitória (ES) continua sendo a capital da ginástica rítmica brasileira, já que vai receber o Meeting da modalidade, com participação das Seleções Brasileiras Individual e de Conjunto e também de outros Países.

Campeonato Brasileiro - Na sexta-feira (8), o Grêmio Náutico União (RS), com Andressa Jardim, Carolina Toneloto, Gabriela Ribeiro e Stephany Gonçalves, venceu por equipe. Com a prata ficou a Escola de Campeãs/COES (ES), com Carolina Garcia, Layse Barbosa Morais e Natália Gáudio. O Assomes/Clube dos Oficias da PM/COES (ES), das capixabas Ana Paula Ribeiro, Drielly Daltoé, Fernanda Ribeiro de Paula e Jéssica Silva Silveira, garantiu o bronze.

Ontem, foram definidas as campeãs do Individual Geral. O pódio foi formado por Natália, da Escola de Campeãs/COES (ES), em primeiro, por Andressa, do Grêmio Náutico União (RS), em segundo, e por Ana Paula, do Assomes/Clube dos Oficiais da PM/COES (ES), e Stephany, do Grêmio Náutico União (RS), empatadas em terceiro. 

Copa Brasil de Conjuntos - O Adiee/Udesc (SC) foi medalhista de ouro no Conjunto Geral, enquanto o Ibades (DF), ficou com a prata, na sexta-feira (8). 

Confira os resultados completos deste domingo (10) no link:http://bit.ly/1r3MQCv

Resultados finais

Campeonato Brasileiro


Individual por equipe
1º Grêmio Náutico União (RS), com 149,350 
2º Escola de Campeãs/COES (ES), com 146,380
3º Assomes/Clube dos Oficias da PM/COES (ES), com 136,600 

Individual Geral
1º Natália Gáudio, da Escola de Campeãs/COES (ES), com 64,400
2º Andressa Jardim, do Grêmio Náutico União (RS), com 62,900
3º Ana Paula Ribeiro, do Assomes/Clube dos Oficiais da PM/COES (ES), com 59,550
3º Stephany Gonçalves, do Grêmio Náutico União (RS), com 59,550

Arco
1º Natália Gáudio, da Escola de Campeãs/COES (ES), com 16,750 
2º Emanuelle Lima, do Clube Ítalo Brasileiro (ES), com 15,900
3º Stephany Gonçalves, do Grêmio Náutico União (RS), com 15,800

Bola
1º Natália Gáudio, da Escola de Campeãs/COES (ES), com 16,150
1º Stephany Gonçalves, do Grêmio Náutico União (RS), com 16,150
3º Andressa Jardim, do Grêmio Náutico União (RS), com 15,650
3º Emanuelle Lima, do Clube Ítalo Brasileiro (ES), com 15,650


Maças
1º Emanuelle Lima, do Clube Ítalo Brasileiro (ES), com 16,550
2º Natália Gáudio, da Escola de Campeãs/COES (ES), com 16,450
3º Stephany Gonçalves, do Grêmio Náutico União (RS), com 16,250

Fita
1º Stephany Gonçalves, do Grêmio Náutico União (RS), com 15,550
2º Natália Gáudio, da Escola de Campeãs/COES (ES), com 15,500
3º Emanuelle Lima, do Clube Ítalo Brasileiro (ES), com 15,400

Copa Brasil de Conjuntos

Conjunto Geral
1º Adiee/Udesc (SC), com 24,350
2º Ibades (DF), com 22,500


Clubes participantes: Adiee/Udesc (SC), Associação de Ginástica Happy Gym/Happy Gym Escola de Ginástica (RJ), Associação de Ginástica Rítmica de Blumenau (SC), Associação Desportiva e Cultural Gimnart (SP), Associação Esportiva e Recreativa Sadia (PR), Assomes/Clube dos Oficiais da PM (ES), Cassab/ACGR (DF), Cenec Lemos Cunha (RJ), Centro de Ginástica do Pará (PA), Clube Esperia (SP), Clube Ítalo Brasileiro do Espírito Santo (ES), Coesi (SE), Colégio Ábaco (SP), Escola de Campeãs (ES), Grêmio Náutico União (RS), Gym Clube (BA), Ibades (DF) e Tuiuti Esporte Clube (PR)




Fonte: Facebook CBG
Fotos: Ricardo Bufolin/CBG

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Bem-vindos a Novogorsk!

Boa tarde leitores!

Hoje achei uma foto do ginásio de Ginástica Rítmica de Novogorsk, na Rússia, onde treinam/treinaram as ginastas russas mais famosas do mundo, como Alina Kabaeva, Irina Tchachina, Evgenia Kanaeva, entre outras, e resolvi pesquisar sobre o assunto, para mostrar como são as instalações e o que mais o centro oferece aos atletas e equipe técnica. Assim podemos comparar com as instalações que possuímos no Brasil - a maioria muito precária - e refletir sobre o país que vai receber as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro.

O centro educacional e de treinamento Novogorsk fica situado num dos mais bonitos subúrbios de Moscou - cidade Khimki, muitas vezes chamada de Suíça de Moscou.
O centro de Novogorsk é a principal base para a preparação da Seleção Nacional da Rússia para os maiores eventos esportivos, com capacidade para receber cerca de 250 atletas, treinadores, médicos de seleções simultaneamente. Possui todas as facilidades para a vida e formação dos desportistas oferecendo instalações para a prática de 32 esportes diferentes, incluindo basquete, vôlei, handebol, ginástica rítmica (exercícios individuais e em grupo), tiro com arco, tiro, esgrima, futebol, hóquei, patinação artística, luge, esqui estilo livre, patinação velocidade em pista curta, curling, wrestling, ginástica de trampolim , mini futebol , rugby, etc


Território



No território da Novogorsk Centro há dois complexos desportivos e de reabilitação, um edifício administrativo, campos de futebol e áreas de estacionamento. Os atletas são recebidos e atendidos por funcionários hospitaleiros e todos os recursos são fornecidos por eles para os desportistas alcançarem os melhores resultados nos níveis nacional e internacional.

Acomodações



O centro administrativo de Novogorsk, disponível 24 horas por dia, acolhe os desportistas com hospitalidade e oferece alojamentos confortáveis, compostos por quartos duplos ou triplos. Todos os quartos e corredores são decorados de forma a proporcionar o melhor descanso possível após duros treinamentos. As acomodações estão conectadas com os complexos de treinamento, salas de reabilitação cantinas.
Praticamente um hotel de luxo!

Instalações Esportivas





Sala de Conferências



Sala de Aula




























Sala de Dança e Ginásio da Ginástica Rítmica



À disposição dos atletas e técnicos estão:
- Três pavilhões desportivos universais de nível internacional;
- Sala de dança com espelhos e barra para as aulas de ballet e dança;
- Academia com equipamentos modernos;
- Três campo de futebol;
- Ring de patinação no gelo;
- Área de tiro com equipamento eletrônico único;
- Piscina;
- Quatro salas de aula para aulas teóricas;
- Sala de conferências para 200 pessoas.

Cantina



A cantina bem equipada oferece quatro refeições diárias, considerando recomendações de médicos e treinadores de seleções e peculiaridades de cozinhas nacionais de diferentes países.

Centro de Recuperação





Oferece procedimentos restauradores para os desportistas após período de treinamento rígido ou quando estão lesionados. O Centro de Recuperação é constituído por:
- Piscina aquecida de 25 metros quadrados;
- Saunas finlandesas com mini piscinas de hidromassagem;
- Sauna infravermelho;
- Salas de fisioterapia.

Área de Lazer







Além das instalações acima, Novogorsk oferece também áreas de lazer para os atleas e técnicos, para proporcionar descanso e diversão nas horas vagas. O centro oferece:
- Sala de jogos com mesas de sinuca e ping-pong;
- Biblioteca
- Bar com área para festas
- Home theater com karaokê
- Sala de computadores com internet
- Terraço para banhos de sol
- Jardim de inverno

Ou seja, Novogorsk é o sonho de qualquer atleta ou técnico. 

Abaixo alguns videos dos treinos de GR em Novogorsk. Espero que gostem!




Site oficial: http://www.novogorsksport.ru 
Galeria de fotos

domingo, 29 de dezembro de 2013

10 Itens Indispensáveis para a Prática da GR

Para praticar algum esporte, além de trocar tempo livre por treinos exaustivos e competições, é necessário também um grande investimento com materiais específicos da modalidade que geralmente custam caro. Na Ginástica Rítmica não é diferente, há equipamentos e trajes indispensáveis para os treinos e competições de GR e outros artigos que podem melhorar o desempenho da ginasta e seus aparelhos.

1- Aparelhos de Ginástica Rítmica

Sem os aparelhos não é possível fazer GR! O arco, bola, maças, corda, fita e estilete são indispensáveis tanto nos treinos quanto em competições. Alguns clubes e escolas dispõe dos materiais para o uso das ginastas, principalmente para conjuntos, mas o ideal é cada ginasta ter seus próprios aparelhos para um melhor desempenho individual. Assim poderá escolher as marcas, tamanhos e cores de sua preferência.


2 - Collant de competição

A ginasta deve ter no mínimo 1 collant de competição para cada série, pois o mesmo deve estar de acordo com a música e movimentos de cada rotina. Os collants de competição geralmente são decorados de forma artesanal com pedras (strass ou cristais) e estão entre os itens mais caros dessa lista.


3 - Sapatilha/ponteira

De couro, meia, microfibra, etc...o uso das sapatilhas ou ponteiras de GR não é obrigatório segundo o regulamento da FIG, mas são de grande ajuda, tanto nos treinos quanto nas competições, para proteger os pés de queimaduras e melhorar o desempenho da ginasta, principalmente nos giros (pivots) da série.



4 - Bolsas para guardar e transportar materiais

Existem vários modelos de bolsas que servem para guardar e transportar com segurança seus materiais. Os porta-aparelhos para todos os materiais ou as bolsas para cada material (porta-bola, porta-arco, porta-maças, porta-fitas, porta-estilete, porta-corda, porta-collants, etc.) são indispensáveis para prolongar a vida útil de seus equipamentos e manter o bom desempenho durante o uso.


 5 - Protetores para treino

Todo o tipo de proteção para evitar lesões é bem-vinda durante os treinos, já que em competições (durante a apresentação) não é permitido o uso desses itens segundo o regulamento da FIG. Joelheiras, aquecedor (cinturita), macacões e shorts térmicos, protetor de coluna e polainas são importantes para proteger o corpo de impactos e manter o aquecimento da ginasta. Podem ser utilizados no aquecimento das competições também, momentos antes da ginasta entrar em quadra.


6 - Acessórios para a manutenção dos aparelhos

Bombinha de ar, empunhaduras para estiletes, paninho para polir a bola e giradores para estiletes são itens que as ginastas devem levar em sua bolsa de treino e competição. A bombinha de ar é importante para encher e esvaziar a bola quando necessário; o paninho de microfibra serve para polir a bola, tirando pequenas sujeiras, também devolvendo o brilho original; as empunhaduras extras podem ser utilizadas quando a empunhadura original do estilete está gasta demais. É útil para proteger a mão da ginasta e a extremidade do estilete quando cai no chão; os giradores devem ser substituidos por novos quando quebram ou quando ficam velhos.


7 - Roupas de baixo para collants

O uso de modeladores/corpetes, calcinhas e meia-calças sob o collant de competição para evitar transparências e constrangimentos é muito importante! Assim a ginasta ficará mais segura durante a apresentação. A meia-calça também serve para manter as pernas aquecidas, evitando lesões musculares, principalmente em dias frios. Esses itens devem ser discretos, na mesma cor da pele da ginasta.


8 - Adesivos para encapar

Os adesivos são de grande importância na hora de personalizar os arcos e maças de acordo com as cores do collant e música da série. Além de deixarem os aparelhos mais coloridos e com brilho, servem também para firmá-los, principalmente arcos, melhorando o desempenho dos mesmos.


9 - Acessórios de cabelo

Grampos, elásticos, tic-tacs, redinhas, gel, fru-frus, todos esses itens fazem parte da vida da ginasta, seja no treino ou na competição, a ginasta deve estar sempre com os cabelos bem presos! 


10 - Maquiagem

Que ginasta não gosta de estar bem maquiada quando entra em quadra? A maquiagem destaca a expressão da ginasta, mas não deve ser usada de forma exagerada, principalmente nas ginastas mais novas. Uma maquiagem leve é o suficiente para deixar a ginasta mais bonita e ressaltar suas expressões faciais. Muita maquiagem acaba prejudicando a visibilidade do rosto da ginasta, então, nada de exageros!


Você encontra os itens acima no nosso site! Acesse www.mundodaginasta.com.br e confira.

Espero que tenham gostado da matéria! :)